Juliano Farias
Executivo de growth
x
Olá, tudo bem? Obrigado pela visita! Como podemos ajudar?
Conversar com Juliano

4 ferramentas que vão te ajudar a ser um ótimo copywriter

Quem trabalha com marketing digital, seja na criação de conteúdo ou na parte estratégica, sabe que o que mais tem por aí são ferramentas que, em teoria, facilitam o nosso trabalho. 

A mais recente delas - e talvez uma das mais famosas - é o ChatGPT, uma inteligência artificial que cria textos, imagens e até códigos de programação a partir de alguns comandos. 

Por mais maravilhoso que possa parecer, esse tipo de recurso cria uma linha tênue entre o “ajudar” e o “fazer por você”, algo que está 100% relacionado à ética da profissão de copywriter/redator/jornalista.

Afinal de contas, quando escrevemos um texto, imprimimos nele todo o nosso conhecimento, nossas experiências e nossas vivências pessoais. Nessas horas sempre lembro de uma professora da faculdade que dizia que não existe jornalismo 100% imparcial, pois tudo o que você escreve - e a forma como escreve - passa, antes, pela sua capacidade de pensar criticamente.

Assim como as fórmulas prontas, as ferramentas da moda também podem ser um tiro no pé para o profissional que deseja se destacar pela sua criatividade e pelo seu conhecimento acerca de assuntos diversos. 

Por isso, se você abriu esse artigo em busca de algum método incrível para criar textos mais rápido e sem precisar de muito esforço, já pode fechá-lo. As dicas que vou dar aqui são pra vida e não só para meia hora de produção de conteúdo. 

A primeira delas é: leia muito! A leitura não só enriquece o nosso vocabulário, mas também nos torna mais sábios, mais compreensivos e mais felizes. E se você acha que ela não pode te levar a lugar algum, eu te digo que, segundo um estudo realizado pela Universidade de Pádua, na Itália, jovens que leem por prazer recebem salários 21% mais altos. 

A segunda pode até parecer óbvia para quem é jornalista, mas existem muitos de nós por aí que nunca nem ouviram falar sobre o ChatGPT… Com isso, quero dizer: acompanhe as notícias, e não só aquelas relacionadas ao seu trabalho. Para nós, é super importante estar por dentro de tudo que acontece no país e no mundo.  Se tratando de jornalismo, a factualidade é quase indispensável na maioria dos conteúdos produzidos. Mostrar que você tem conhecimento sobre os assuntos que estão em alta é um sinal de competência e proatividade.

Em terceiro lugar: tenha muita vontade de aprender. Quem trabalha com a criação de conteúdo deve estar disposto a se aprofundar sobre assuntos que nem sempre são do seu interesse ou fazem parte do seu dia a dia, isso demonstra que você é uma pessoa atualizada - qualidade indispensável para nós, profissionais da escrita. Para mim, essa é a melhor parte do trabalho, pois é onde temos espaço para praticar a nossa humildade e aprender muitas coisas novas. Conhecimento não ocupa espaço de armazenamento na sua cabeça, nunca se esqueça disso. 

E a quarta mas não menos importante é: seja versátil, tenha uma mente aberta e se permita ter vários “tons de voz” dentro de si mesmo(a). Eu, por exemplo, sempre fui o tipo de pessoa que nunca se identificou com um único estilo, e isso valia para roupas, preferências musicais, gosto literário, etc. Tudo sempre foi uma opção para mim. Por muito tempo eu vi isso como uma “falta de identidade própria”. Até o dia em que eu me dei conta de que fazia parte da minha essência estar aberta ao que o mundo poderia me oferecer e que não tinha problema algum nisso (um agradecimento especial à minha terapeuta). Depois que essa ficha caiu, eu percebi que ser uma pessoa versátil tem inúmeros benefícios. No âmbito profissional, sempre cito como exemplo a época em que eu criava conteúdo para um motel e para uma igreja: linguagens totalmente diferentes que saíam da mesma cabeça. Acredito que se eu, Jéssica, fosse uma pessoa extremamente religiosa e abolisse conteúdos de duplo sentido - que era o que o motel demandava -, provavelmente eu não conseguiria produzir textos legais para eles. Neste caso, ser uma pessoa “meio termo” tornava o trabalho muito mais fácil.

E você, coloca alguma dessas dicas em prática na sua vida?

Independente da sua resposta, eu espero que elas possam te ajudar a deixar as ferramentas de fórmulas prontas de lado para ser um profissional mais autêntico, versátil, atualizado e conhecedor do mundo, como todo bom especialista em escrita deve ser.

Para conhecer os serviços da MAVERICK 360, clique aqui.

contato@agenciamaverick.com.br 

+55 41 99980-9009

+55 41 99954-7416

AUTOR DO TEXTO:
Jéssica Ramiro
Jornalista | Redatora
É formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Faculdade IELUSC e já realizou diversos cursos nas áreas de produção de conteúdo e gerenciamento de mídias sociais.

Cadastre-se ao lado em nossa newsletter e receba conteúdos para que o seu negócio vire referência no mercado

QUER UMA PROPOSTA?
Home